Coordenação

A RED-CG é uma iniciativa de Marina Garone Gravier e Ana Utsch, que após anos de interlocução e inúmeras colaborações com colegas e instituições latino-americanas – marcados por encontros, viagens, colóquios e publicações – vislumbraram, com essa ação, a possibilidade de consolidar esse diálogo e promover a circulação de conhecimento no âmbito da Cultura Gráfica na América Latina.


Marina Garone Gravier.

Cañada de Gómez, Santa Fe, Argentina, 1971

Diseñadora de la comunicación gráfica (Universidad Autónoma Metropolitana, Unidad Xochimilco, México, 1994), maestra en Teoría e Historia del Diseño (posgrado en Diseño Industrial, Facultad de Arquitectura, UNAM, 2003) y doctora en Historia del Arte (Posgrado en Historia del Arte, UNAM, 2009), con estudios de diseño y tipografía en la Escuela de Diseño de Basilea, Suiza (2000). Desde 2009 es investigadora del Instituto de Investigaciones Bibliográficas, de la UNAM (IIB-UNAM), donde en 2012 fundó el Seminario Interdisciplinario de Bibliología, del que es coordinadora. Desde 2010 es miembro del Sistema Nacional de Investigadores de México. Imparte clases y es tutora en programa académicos de la UNAM, la Universidad de Buenos Aires y la Universidad de Granada, España. Sus líneas de investigación son la historia del libro, la edición y la tipografía latinoamericanas, la cultura impresa en lenguas indígenas y las relaciones entre diseño y género. Es autora de una docena de libros, entre los que cabe mencionar La tipografía en México. Ensayos históricos (siglo XVI al XIX) (México, UNAM, 2015), Historia de la tipografía colonial para lenguas indígenas, (México, CIESAS -Universidad Veracruzana, 2014) e Historia de la imprenta y la tipografía colonial en Puebla de los Ángeles, 1642-1821 (México, UNAM, 2015).

Su producción académico amplio se puede revisar en: http://www.humanindex.unam.mx/humanindex/pagina/pagina_inicio.php?rfc=GAGM711020


Ana Utsch

Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, 1977

Professora Adjunta do Curso de Conservação-Restauração da Universidade Federal de Minas Gerais/UFMG e colaboradora da área de Edição da Faculdade de Letras, na mesma instituição, onde integra, igualmente, o Programa de Pós-Graduação em Letras: Estudos Literários. Possui Mestrado em História Cultural (2006) e Doutorado em História Cultural (2012), ambos pela École des Hautes Études en Sciences Sociales, em Paris. Como pesquisadora associada à Bibliothèque Nationale de France, desenvolveu pesquisa sobre a história da encadernação e da restauração de acervos bibliográficos no Departamento de Conservação, cujos resultados foram publicados pela instituição. Foi responsável pela concepção e coordenação dos projetos Museu Vivo Memória Gráfica, desenvolvido na UFMG, e Memória do Pão de Santo Antônio, que, em 2015, deu origem ao Museu Tipografia Pão de Santo Antônio, em Diamantina – Minas Gerais. Tem experiência nas áreas de História do Livro, História da Encadernação, Estudos Editoriais e Conservação-Restauração de Acervos Bibliográficos. Na pesquisa, no ensino e na extensão, atua principalmente nos seguintes temas: patrimônio gráfico; história da edição; história da encadernação; bibliografia material e teoria da restauração de acervos bibliográficos.

Currículo integral: http://lattes.cnpq.br/9815468658083450